EXAMES E SERVIÇOS

Os equipamentos utilizados para a realização dos exames contam com alta tecnologia e uma equipe de multiprofissionais amplamente qualificados.

Esta estrutura permite que realizemos mais de 1.000 tipos de exames relacionados.

 

Buscar exames

Mnemônico + -
Descrição + -

Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Estes anticorpos são contra a proteína DNA topoisomerase I. Ocorrem em 75% dos pacientes com esclerose sistêmica progressiva na sua forma difusa (ESP). Podem ser encontrados em pacientes com fenômeno de Raynaud, antes do surgimento das manifestações clínicas da esclerose sistêmica.


Material


Soro


Instruções


Jejum obrigatório de 8 horas.


Utilidade


Os testes sorológicos para COVID-19 são testes para detecção de anticorpos das classes IgA, IgM, e IgG produzidos pelo organismo após a infecção pelo Coronavírus 19. São exames que podem ser utilizados para auxílio diagnóstico da infecção pelo SARS-CoV-2, desde que suas restrições sejam conhecidas e os resultados interpretados corretamente.


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Os testes sorológicos para COVID-19 são testes para detecção de anticorpos das classes IgA, IgM, e IgG produzidos pelo organismo após a infecção pelo Coronavírus 19. São exames que podem ser utilizados para auxílio diagnóstico da infecção pelo SARS-CoV-2, desde que suas restrições sejam conhecidas e os resultados interpretados corretamente.


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Sulfato de desidroepiandorsterona (DHEA-S) é o mais abundante androgênio supra-renal e também funciona como um neuroesteróide que é produzido pelo córtex adrenal. DHEA-S é um excelente indicador de produção de androgênio supra-renal. DHEA-S exibe somente fraca atividade androgênica, mas pode ser metabolizado para androgênios de mais atividade tais como testosterona e androstenediona. Concentrações séricas declinam com a idade e podem servir como um fator de prognóstico nas enfermidades críticas e progressão do câncer de mama. Níveis elevados de DHEA-S são encontrados no plasma de pacientes com tumores adrenais ou hiperplasia adrenal congênita. DHEA-S também pode estar levemente elevado em paciente com ovários policísticos. Tumores em homens que produzem hCG podem levar a níveis aumentados de DHEA-S testicular.


Material


Soro


Instruções


- Jejum aconselhável de 4 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


O selênio é um oligoelemento essencial. Após sua absorção, é rapidamente incorporado às proteínas. Os níveis séricos refletem exposição recente. Níveis em sangue total são, aproximadamente, 42% superiores aos séricos. A dosagem sérica é significativa e muito útil para o diagnóstico de sua toxicidade e deficiência, entretanto, em pacientes assintomáticos, pode-se encontrar uma grande faixa de variação dos níveis. Essa dosagem é realizada para monitorar o estado nutricional de selênio em pacientes com nutrição parenteral de longa duração, submetidos à ressecção de intestino e portadores de doenças de Crohn; avaliação de cardiomiopatia de causa intermediária e monitorização de crianças com acidemia propiônica; diagnóstico agudo da toxicidade.


Material


Tubo Trace (Branco)


Instruções


Carbamazepina, fenitoína e ácido valproico podem causar diminuição do selênio sérico. Corticóides e ácido ascórbico podem elevar as concentrações do selênio.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A serotonina é sintetizada a partir do aminoácido triptofano através do intermediário 5-hidroxitriptofano (5-HTP). Em sua primeira passagem pelo fígado, 30% a 80% da serotonina é metabolizada predominante¬mente em ácido 5-hidroxindolacético (5-HIAA), que é excretado pelos rins.
As principais doenças associadas a elevação nas concentrações de serotonina são os tumores neuroectodérmicos, particularmente os derivados das células enterocromafins, como o tumor carcinoide.
Ligeiro aumento pode ser visto na síndrome de dumping, obstrução intestinal aguda, fibrose cística, infarto agudo do miocárdio. Alguns teratomas ou cistos dermóides benignos podem conter serotonina. Níveis baixos podem ser observados na Síndome de Down, fenilcetonúria não tratada e doença de Parkinson.
Alimentos ricos em triptofano ou serotonina, tabagismo, drogas (lítio, IMAO, metildopa, morfina, reserpina) podem acarretar resultados falso-positivos. Inibidores da receptação de serotonina podem ocasionar resultados falso-negativos.


Material


Soro


Instruções


- Jejum obrigatório de 8 horas.
- O paciente deverá permanecer 24 horas sem ingerir os alimentos relacionados, pois estes interferem no resultado: abacate, ameixa, banana, berinjela, chocolate, frutos secos, mexilhões, nozes, pickles, tomate.
- O paciente deverá permanecer 7 dias sem ingerir os seguintes medicamentos conforme orientação do seu médico assistente: Paracetamol, Guafenesin, Imipramina, Inibidores da MAO, Lítio, Metildopa, Morfina, Naproxeno (Naprosyn), Reserpina.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Durante a gestação, uma pequena quantidade de células fetais podem atravessar a barreira placentária alcançando a corrente sanguínea da gestante. Baseado neste princípio, o teste de Sexagem fetal utiliza como material biológico amostra de sangue periférico materno para a determinação do gênero do feto. O teste não é recomendado para fins de diagnóstico de síndromes ligadas ao cromossomos sexuais. É um teste não-invasivo, possui índices de acerto superior a 99% quando coletado após a oitava semana de gestação. Por outro lado, em alguns casos o resultado pode ser inconclusivo. Isso pode ocorrer devido a limitações técnicas ou possíveis interferentes na amostra. Neste caso, será necessária uma nova coleta após o período de 15 dias para repetição do teste na nova amostra. Alguns medicamentos como anticoagulantes à base de heparina* podem inibir o teste, levando também a resultados inconclusivos.


Material


Tubo PPT (perolado)


Instruções


- A coleta deverá ser realizada a partir da 8ª semana de gestação.
- Jamais suspender o uso do medicamento sem consentimento do médico para a realização deste teste.
- Questionário obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A concentração da SHBG no plasma é regulada, entre outros fatores, pelo balanço androgênio/estrogênio, hormônios da tireóide, insulina e dieta. É a proteína de transporte mais importante para estrogênios e androgênios no sangue periférico. A concentração de SHBG é o fator principal regulando suas distribuições entre os estados ligados à proteína e livres. As concentrações plasmáticas de SHBG são afetadas por um diferente número de doenças, encontrando-se altos valores no hipertireoidismo, no hipogonadismo, na insensibilidade androgênica e na cirrose hepática em homens. Baixas concentrações são encontradas no mixedema, hiperprolactinemia e síndromes de atividade androgênica excessiva. A medição da SHBG é útil na avaliação das desordens leves do metabolismo do androgênio e permite a identificação das mulheres com hirsutismo que são mais propensas a responder à terapia com estrógeno.


Material


Soro


Instruções


Jejum aconselhável de 4 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade




Material


Liquido Sinovial


Instruções


- Não realizamos a coleta do material pois trata-se de um procedimento médico.


DOWNLOAD PDF
 

Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Os testes sorológicos são utilizados como um dos critérios para confirmação de suspeita clínica da Doença de Chagas e triagem em bancos de sangue. Entretanto, alguns cuidados são necessários na escolha do método e sua interpretação. O Machado Guerreiro (Fixação de complemento) era o exame de escolha no passado, mas por apresentar baixa sensibilidade (60%), baixa especificidade e complexidade na sua execução, não mais deve ser utilizado. Os métodos Hemaglutinação, imunofluorescência e imunoensaio apresentam sensibilidade próximo a 100%. Tendo em vista a possibilidade de falso-positivos (leishmania, malária, sífilis, toxoplasmose, hanseníase, doenças do colágeno, hepatites) é recomendado que o soro seja testado em pelo menos dois métodos diferentes antes de aceito, pelo clínico assistente, a positividade da sorologia. A hemoaglutinação é utilizada para triagem devido sua praticidade e boa sensibilidade. Entretanto, tem especificidade inferior a imunofluorescência e ao imunoensaio enzimático. A imunofluorescência indireta IgG é exame sensível no diagnostico da Doença de Chagas. A imunofluorescência indireta IgM é útil para caracterizar fase aguda. Ambos apresentam menor reprodutibilidade que o imunoensaio enzimático (ELISA). O imunoensaio enzimático utiliza antígenos altamente purificados com maior sensibilidade (98 a 100%), maior especificidade (93 a 100%) e leitura mais objetiva. O imunoensaio de partículas em gel apresenta sensibilidade de 96,8% e especificidade de 94,6%. Ressalta-se que a Organização Mundial de Saúde preconiza o uso de pelo menos dois testes de diferentes métodos para o diagnóstico laboratorial da doença de Chagas.


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


É o principal cátion intracelular, com concentração em torno de 150 mEq/L enquanto no nível sérico esta concentração está em torno de 4 mEq/L. Esta diferença é importante na manutenção do potencial elétrico da membrana celular e na excitação do tecido neuromuscular. Na urina ou soro, sua aplicação está relacionada aos níveis de aldosterona, na reabsorção de sódio e no equilíbrio ácido/base.



Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.
- A coleta deve ser realizada no período da manhã, até as 11:30 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


O IGF-1 é um peptídeo produzido principalmente no fígado por estímulo
do hormônio de crescimento. Valores baixos são observados nos
extremos da idade (primeiros 5-6 anos de vida e na senilidade),
hipopituitarismo, desnutrição, diabetes mellitus, hipotireoidismo,
Síndrome de privação materna, atraso puberal, cirrose, hepatoma,
nanismo de Laron e alguns casos de baixa estatura com resposta ao GH
normal aos testes farmacológicos. Valores baixos são também
encontrados nos tumores de hipófise não funcionantes, no atraso
constitucional do crescimento e com a anorexia nervosa. Valores altos
ocorrem na adolescência, puberdade precoce verdadeira, gestação,
obesidade, gigantismo e acromegalia, retinopatia diabética.


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Avaliação dos distúrbios hidroeletrolíticos e ácido básicos; diagnóstico diferencial entre oligúria pré-renal e renal.


Material


Urina 24 Horas


Instruções


- Não fazer esforço físico durante a coleta.
- O cliente deve manter sua rotina diária.
- Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob orientação médica.
- Mulheres: não realizar a coleta de urina no período menstrual.
- A higienização da genitália é realizada com água e sabão neutro.
- Nas mulheres, lavar e secar sempre de frente para trás. Nos homens lavar retraindo o prepúcio para uma adequada limpeza do meato uretral.
. Refrigerar a amostra desde o início da coleta.
- Informar todo o volume urinário coletado no período de 24 horas.
- Investigar se o paciente seguiu as instruções corretamente ou se tem algum problema que cause excesso de urina, por exemplo: diabetes.


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Os anticorpos anti-Sm possuem alta especificidade para o LES, porém com
sensibilidade de apenas 25 a 30%, quando a técnica utilizada é a
imunodifusão radial ou imunopreciptação. Quando realizado por
imunoensaio enzimático, reações falso-positivas podem ocorrer em 23%
dos pacientes com AR, 25% dos com Esclerose Sistêmica (ES), 9% das
polimiosites e 2% dos indivíduos normais. Alguns estudos associam a
sua presença com nefrite branda de curso benigno, outros o associam
com envolvimento do sistema nervoso central e exacerbação clínica da
doença.


Material


Soro


Instruções


Jejum obrigatório de 8 horas.


Utilidade


O Streptococcus pneumoniae é um dos mais importantes agentes de infecções do trato respiratório inferior e o principal microrganismo responsável por pneumonias adquiridas na comunidade e também por meningites bacterianas. Este exame proporciona um diagnóstico ágil
de pneumonia por pneumococo por meio da detecção de antígenos solúveis de S. pneumoniae na urina dos pacientes infectados.
Um resultado negativo não exclui definitivamente uma infecção por S. pneumoniae. Recomenda-se, para o diagnóstico definitivo, complementar a investigação com resultados de cultura de amostras do trato respiratório, hemocultura e eventual sorologia. A sensibilidade do método, quando aplicado em amostra de urina para o diagnóstico de
pneumonia devido a Streptococcus pneumoniae, é de 71% a 94%, com especificidade de 91% a 96%.


Material


Urina Isolada


Instruções


- Volume minimo 15 mL.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


 Avaliação dos distúrbios hidroeletrolíticos e ácido básicos; diagnóstico diferencial entre oligúria pré-renal e renal.


Material


Urina


Instruções


- Colher preferencialmente no laboratório a 1ª urina da manhã ou com intervalo de 4 horas entre as micções. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina e coletar o jato do meio.
- O cliente deve manter sua rotina diária.
- Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob orientação médica.
- Mulheres: não realizar a coleta de urina no período menstrual.


Utilidade


A pesquisa da gordura fecal é realizada com exame microscópico com
corante Sudam III. Trata-se de um teste de triagem mais simples, com
boa correlação com a dosagem na investigação da esteatorréia.


Material


Fezes


Instruções


- Antes de coletar as fezes, se necessário, urinar no vaso sanitário
para evitar a contaminação do material. Em casos de crianças utilizar
coletor de urina, se necessário.
- Evitar o uso de talco, laxantes, antiácidos, contraste oral (utilizado em exames radiológicos) e supositórios nos 3 dias que
antecedem ao exame e no dia da coleta.
- Defecar em vasilhame limpo e seco.
- Minimo meio frasco de fezes.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A determinação do ácido cítrico na urina é utilizada na exploração do metabolismo do fósforo e cálcio, das tubulopatias e dos ácidos do ciclo de krebs. O citrato tem importância marcante na calculose urinária recidivante. A hipocitratúria pode ocorrer de forma isolada ou associada a hipercalciúria, hiperuricosúria, hiperoxalúria e distúrbios instestinais. O citrato administrado via oral leva a um aumento na reabsorção tubular renal de cálcio, promovendo hipocalciúria. A elevação do pH urinário, que acompanha a administração de citrato, aumenta a solubilização do ácido úrico. A suplementação de citrato reduz a taxa de formação de novos cálculos e o crescimento dos cálculos já existentes.


Material


Urina 24 horas


Instruções


- Não fazer esforço físico durante a coleta.
- O paciente deve manter sua rotina diária.
- Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob orientação médica.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A triiiodotironina total e normalmente produzida primariamente pela
deiodinação do T4 (80%) e é também secretada diretamente pela
glândula tireóide. T3 no sangue é predominantemente ligado a
proteínas plasmáticas. Apresenta-se elevado na doença de Graves, T3
toxicose, nos casos de hipertireoidismo TSH dependente, aumento de
TBG, gravidez. Valores baixos podem ser encontrados nos quadros de
doença não tireoidiana, hipotireoidismo e reduções da TBG.


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.
- Informar no momento do cadastro medicamentos em uso ou usados recentemente, inclusive formulas para emagrecer (Triostat, Thevier).
- Se mulher, informar se esta gravida ou se usa anticoncepcional.
- A coleta deve ser realizada no período da manhã, até as 11:30 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A maior parte do T3 circulante e ligada as proteinas; somente 0,3% existe na forma livre, nao ligada. A medida do T3 e utilizada para diagnostico e monitoramento do tratamento do hipertireoidismo. Quando um aumento na TBG e suspeitado como a causa de um nivel serico total elevado de T3, o ensaio de T3 livre pode diferenciar esta condicao do verdadeiro hipertireoidismo. Encontra-se aumentado na Doenca de Graves, na tireotoxicose por T3, na resistencia periferica ao hormonio tireoidiano, adenoma produtor de T3. Diminuido na Sindrome do Eutireoidiano doente e hipotireoidismo (1/3 dos casos).


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.
- Informar no momento do cadastro medicamentos em uso ou usados recentemente, inclusive formulas para emagrecer (Triostat, Thevier).
- Se mulher, informar se esta gravida ou se usa anticoncepcional.
- A coleta deve ser realizada no período da manhã, até as 11:30 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


O T3 Reverso é produzido em pequena quantidade pela glândula tireóide, e em maior quantidade pela metabolização do T4 em um processo de inativação. Este hormônio se encontra em um nível elevado na síndrome de eutiroidismo, e no hipertireoidismo. Níveis baixos são observados em hipotireiodismo.


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Tiroxina (T4, tetraiodotironina) é o principal produto secretado pela
glândula tireóide. No sangue T4 é ligado a uma de três classes de
proteínas: TBG, transtiretina (ou pré-albumina) e albumina. Somente
uma pequena fração do T4T esta na forma livre (0,03%). A concentração
total de T4 geralmente reflete a atividade secretória da glândula
tireóide. Encontra-se elevado nos casos de hipertireoidismo,
disalbuminemia familiar, aumento da TBG, aumento da transtiretina
(TBPA). Sua concentração esta diminuída no hipotireoidismo, no quadro
de doenças sistêmicas graves não tireoidianas e na redução da TBG.
Autoanticorpos anti-T4 podem interferir com o ensaio.


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.
- Informar no momento do cadastro medicamentos em uso ou usados recentemente, inclusive formulas para emagrecer (Triostat, Thevier).
- Se mulher, informar se esta gravida ou se usa anticoncepcional.
- A coleta deve ser realizada no período da manhã, até as 11:30 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Hormonios tireoidianos sao transportados no sangue ligado a varias proteinas de ligacao. Estas incluem a TBG, globulina, pre-albumina e albumina. Somente 0,03% da tiroxina encontra-se nao ligada as proteinas. Hipertireoidismo e hipotireodismo resultam de concentracoes anormais de T4 livre. Encontra-se aumentado no hipertireoidismo e na Sindrome de Resistencia ao Hormonio Tireoidiano. Sua concentracao encontra-se diminuida no hipotireoidismo. Os resultados podem estar inadequados na presenca de autoanticorpos anti-tiroxina, fator reumatoide ou tratamento com heparina. Pode estar aumentado na hipertiroxinemia disalbuminemica familiar. Discrepancias nos niveis de T4 entre os diversos metodos sao observadas e sao ainda mais acentuadas na presenca de alteracoes extremas das proteinas de ligacao, doencas nao tireoidianos, anticonvlsivantes e algumas outras drogas.


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.
- Informar no momento do cadastro medicamentos em uso ou usados recentemente, inclusive formulas para emagrecer (Triostat, Thevier).
- Se mulher, informar se esta gravida ou se usa anticoncepcional.
- Sugere-se (não é obrigatório) que a amostra seja colhida antes da administração da próxima dose de medicamentos a base de Levotiroxina (Euthirox, Puran T-4, Synthroid, Tethroid, etc) ou conforme orientação médica.
- A coleta deve ser realizada no período da manhã, até as 11:30 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Utilizado para triagem do hipotireoidismo congênito (HC) no Teste do
Pezinho. A produção inadequada do hormônio da tireóide no HC tem
várias causas: agenesia ou ectopia da tireóide, disturbios da
hormonogenese, cretinismo endêmico e hipopituitarismo. Incidência no
Brasil: 1:2980 a 1:8278 nascidos-vivos. O T4 neonatal deve ser sempre
analisado em conjunto com o TSH neonatal. Valores baixos de T4
neonatal podem ocorrer em neonatos com baixa TBG, o que é frequente no
sexo masculino (1 em 5.000 a 10.000 nascimentos), prematuridade,
baixo peso e infecções intercorrentes. Neonatos com hipotireoidismo
podem apresentar T4 neonatal normal devido ao aumento da TBG. A
confirmação do HC deve ser realizada com as determinações do T4 livre
e do TSH ultra sensível séricos.


Material


Papel Filtro


Instruções


- O jejum deve ser o tempo máximo de intervalo entre uma mamada e outra.
- Colher preferencialmente do 3º ao 30º dia após o nascimento e no máximo até o 90º dia.
- Coletar antes do 3º dia de vida apenas caso exista solicitação médica.
- Caso o recém-nascido tenha recebido transfusão sanguínea, o tempo ideal para a coleta deste exame não está bem estabelecido e deve-se colher conforme a orientação médica.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Permite avaliação do tempo de coagulação do plasma após adição de extrato de cérebro com atividade tromboplastica padronizada. O RNI (relação normatizada internacional) é baseado na relação do valor do tempo de protrombina (TP) do paciente e a media dos valores normais de plasmas normais frescos, e representa a relação do TP se o teste tivesse sido realizado com a tromboplastina IRP (international reference preparation). Esta padronização evita variações interlaboratoriais. O Tempo de protrombina mede a via extrínseca da coagulação, prolongando-se nas deficiências seletivas ou conjuntas dos fatores II, V, VII e X. Como os quatro fatores são sintetizados no fígado e três dos quais são vitamina K dependentes (II, VII, X), o TP é utilizado mais comumente no monitoramento da terapia anticoagulante oral (warfarin), doenças hepáticas, deficiência de vitamina K, coagulação intravascular disseminada e deficiências dos fatores VII, V, X ou protrombina. Quando o Ptta esta prolongado juntamente com o TP ha defeito comum da coagulação (fatores X, V e II) ou estão presentes inibidores como a heparina ou a antitrombina.
De acordo com o documento do CLSI H21-A5 (2009) estudos demostraram que o tempo de protrombina (TP) e tempo de tromboplastina parcial ativado (TTPa) não apresentaram resultados afetados pela coleta de amostras ensaiadas no primeiro tubo de citrato. Esses estudos, citados abaixo, não confirmaram a hipótese do efeito do fator tecidual sobre os resultados destes testes (TP e TTPa).


Material


Plasma Citrato


Instruções


- Informar no momento do cadastro se esta ou esteve recentemente em uso de anticoagulante e qual a dosagem (Clexane, Heparina, Hirudoid, Liquemine, Marcoumar e Marevan.)
- Jejum desejável de 4 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A medida da avidez baseia-se no grau de maturação dos anticorpos IgG no decurso da resposta humoral. Quanto mais avançado o grau de maturação tanto mais elevada é a proporção de anticorpos altamente ávidos. Avidez baixa de IgG é indicativa de infecção primária ao passo que avidez elevada é sugestiva de infecção pregressa.


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


Utilidade


O tricloretano, tricloretileno e o tetracloretileno são hidrocarbonetos alifáticos, halogenados, incolores. Têm estado físico líquido com odor característico e semelhante ao clorofórmio. São empregados como solventes ou agentes de limpeza desengordurantes e desengraxantes, em síntese química, no processamento de fibras naturais ou sintéticas de tecidos. Esses compostos são rapidamente absorvidos através dos pulmões, pela inalação, pelo trato gastrointestinal e pela pele.


Material


Urina Isolada


Instruções


- Álcool pode reduzir a excreção renal dos triclorocompostos totais.
- Coletar urina do início do último dia da jornada de trabalho (recomenda-se evitar o primeiro dia de jornada da semana).
- Manter amostra refrigerada desde o momento da coleta.


DOWNLOAD PDF
 
1 |  2 |  3 |  4 |  5 |  6 |  7 |  8 |  9 |  10 |  11 |  12 |  13 |  14 |  15 |  16 |  17 |  18 |  19 |  20 |  21 |  22 |  23 |  24 |  25 |  26 |  27 |  24 Páginas de 27
VOLTAR