EXAMES E SERVIÇOS

Os equipamentos utilizados para a realização dos exames contam com alta tecnologia e uma equipe de multiprofissionais amplamente qualificados.

Esta estrutura permite que realizemos mais de 1.000 tipos de exames relacionados.

 

Buscar exames

Mnemônico + -
Descrição + -

Utilidade


A metil etil cetona (MEC) é um líquido volátil, de cor clara, odor pungente e característico de cetona. É empregada na produção de acrílico e revestimentos de superfícies à base de vinil, produção de medicamentos e cosméticos, na indústria da celulose, nitrocelulose, indústria química e do petróleo e como solventes em diversas atividades. Os vapores da MEC produzem irritação dos olhos, das membranas mucosa do nariz e da garganta.


Material


Urina Isolada


Instruções


- Coletar em frasco apropriado a amostra no início do primeiro dia da semana da jornada de trabalho, ou antes do período de exposição.
- Manter a amostra refrigerada desde o momento da coleta.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


O Mercúrio é um metal com alta toxicidade. Pode causar toxicidade sistêmica ou lesão de pele ou mucosas. A determinação de mercúrio em sangue total é o melhor indicador da exposição ao mercúrio orgânico (metilmercúrio). Considera-se exposição significativa ao mercúrio orgânico níveis maiores que 5mcg/dl; no caso do mercúrio inorgânico considera-se valores maiores que 20 mcg/dl como indicativos de exposição significativa. Uma vez que menos de 10% do metilmercúrio é eliminado por excreção urinária, o teste urinário tem pouca sensibilidade para detecção do mercúrio orgânico, sendo utilizado como indicador do mercúrio inorgânico e elementar. Conforme a NR-7, o mercúrio urinário é o indicador biológico para exposição ao mercúrio inorgânico. Observa-se que manifestações clínicas de intoxicação não são comuns quando o mercúrio urinário encontra-se inferior a 500mcg/g creatinina. Mercúrio urinário pode ser usado para acompanhar terapia de quelação, que imobilizando o metal, aumenta a sua excreção urinária.


Material


Urina Isolada


Instruções


- Coletar em frasco apropriado a amostra no início do primeiro dia da semana da jornada de trabalho, ou antes do período de exposição.
- Manter a amostra refrigerada desde o momento da coleta.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A Metanefrina e a Normetanefrina são metabólitos da Epinefrina e Normetanefrina respectivamente. Têm importância clínica no diagnóstico do feocromocitoma, paragangliomas e neuroblastomas, sendo a determinação urinária das metanefrinas e sua razão com a cretinina muito sensíveis. Suas concentrações sofrem interferências de alguns alimentos e drogas, devendo a coleta ser realizada com o mínimo de estresse emocional e físico. Os tumores podem excretar catecolaminas de forma intermitente ou, episodicamente, dentro da faixa normal.


Material


Urina de 24 horas


Instruções


- O paciente deverá permanecer 24 horas antes e durante a coleta sem ingerir alimentos como café, chá, refrigerantes de cola e fumo, pois estes interferem no resultado.
- Manter sua rotina diária evitando fazer esforço físico durante a coleta.
- Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob orientação médica.
- Informar no momento do cadastro medicamentos em uso.
- Caso o paciente faça uso contínuo de algum dos medicamentos abaixo, deve entrar em contato com o médico assistente para avaliar a suspensão do mesmo. A suspensão, assim como o seu período fica exclusivamente a critério do médico.

- Podem promover aumento das Metanefrinas:
. alfa- bloqueadores (fentolamina, fenoxibenzamina e prazosin);
. antidepressivos (amitriptilina, amoxapina, desipramina, imipramina e nortriptilina);
. antihistamínicos (difenilhidramina, clorfeniramina e prometazina);
. antipsicóticos (clorpromazina, clozapina, ferfenazina);
. beta- bloqueadores (atenolol, labetolol, metoprolol, nadolol, findolol, propranolol, timolol);
. antagonistas dos canais de cálcio (fenodipina, nicardipina, nifedipina, verapamil);
. drogas catecolamina-like (L-dopa, epinefrina, norepinefrina, dopamina, metildopa);
. diuréticos (hidrocloroatiazida, furosemida);
. inibidores da monoaminoxidase (fenelzine);
. estimulantes (cafeína, nicotina, aminofilina, teofilina);
. simpaticomiméticos (albuterol, anfetaminas, efedrina, isoproterenol, metaproterenol, pseudoefedrina e terbulina);
. vasodilatadores (diazóxido, hidralazina, isossorbida, minoxidil, nitroglicerina e outros nitratos e nitritos);
. outros (cocaína, insulina, levodopa, metilfenidato, metoclopramida, morfina, naloxona, fentazocina, proclorperazina e TRH).

- Podem promover diminuição das Metanefrinas:
. anti-hipertensivos (captopril, clonidina, guanabenz, guanetidina, guanfacina, reserpina);
. antipsicóticos (haloperidol);
. agonista dopaminérgico (bromocriptina);
. outros (dissulfiram, metirosina, octreotida).


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


O metanol é o representante quimicamente mais simples dentre os solventes alcoólicos. É um líquido claro, volátil, inflamável, adocicado, com odor alcoólico levemente adocicado e de pequena lipossolubilidade. É utilizado na produção de formaldeído, tintas, vernizes e tinturas, como combustível, entre outros. Na Indústria do petróleo, é usado na área do refino das unidades de destilação e nos laboratórios como solvente. O metanol pode ser um contaminante na produção de bebidas destiladas, quando estas são produzidas em alambiques clandestinos, podendo levar a morte. O metanol pode ser rapidamente absorvido pelas vias oral, respiratória e cutânea. Após absorvido é um depressor moderado do sistema nervoso central e produz, em exposições a longo prazo, alterações pulmonar. Seu principal efeito tóxico ocorre na visão, com alterações do tecido óptico que podem resultar em cegueira.


Material


Urina Isolada


Instruções


- Bebida alcoólica pode alterar ligeiramente a concentração do metanol urinário.
- Coletar em frasco apropriado a amostra no início do primeiro dia da semana da jornada de trabalho, ou antes do período de exposição.
- Manter a amostra refrigerada desde o momento da coleta.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A dosagem do magnésio na urina e utilizada para avaliação da sua perda urinária e do seu balanço. Níveis baixos na urina precedem a redução do magnésio sérico.


Material


Urina Isolada


Instruções


- Colher preferencialmente no laboratório a 1ª urina da manhã ou com intervalo de 4 horas entre as micções. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina e coletar o jato do meio.
- Para coletas realizadas em casa o prazo para entregar a urina no laboratório é de 1 hora em temperatura ambiente ou refrigerada.
- Volume minimo 5 mL.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Avalia possível toxicidade em trabalhadores de fabricação de ligas metálicas, soldadores, de indústria de cerâmica e de vernizes. 



Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Os agentes metahemoglobinizantes são substâncias capazes de induzir a oxidação de um dos átomos de ferro da hemoglobina, do estado ferroso (Fe2+), para o férrico (Fe3+), o que resulta em um pigmento chamado metahemoglobina (MHb). A MHb não consegue se ligar ao oxigênio devido a carga positiva do ferro. O eritrócito dispõe de sistemas redutores capazes de restaurar eficientemente a função da hemoglobina mantendo os níveis de MHb ao redor de 1%. Pode-se caracterizar metahemoglobinemia quando uma concentração superior a 1,5 % da hemoglobina está na forma oxidada. A metahemoglobinemia é produzida mais frequentemente por agentes químicos oxidantes. Utilizada para avaliar a exposição ocupacional ao seguintes agentes: Anilina, Mooca, 2-Nitropropano, Anisidina, Cicloexilamina, Cloratos, Dimetilanilina, Dinitrobenzenos, Dinitrotolueno, Nitroanilinas, Nitrobenzenos, Nitroclorobenzenos, Nitrotolueno, n-Metilanilina, Óxido Nítrico, Perclorifluoreto, Propilenoglicol-nitrato,Tetranitrometano, Toluidinas, Trifluoreto de Nitrogênio, Trinitrotolueno e Xilidinas.


Material


Sangue total em EDTA (protegido da luz)


Instruções


- Jejum não obrigatório.
- Recomenda-se coletar o exame no início do último dia da jornada de trabalho, ou após o período de exposição.
- Evitar a primeira jornada de trabalho da semana.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


É o nome dado à detecção de pequenas quantidades de proteínas na urina (30 a 300 mg/24h) que tem importância no diagnóstico e na evolução da nefropatia diabética por indicar lesão potencialmente reversível. Também utilizada para detecção de albuminúria em pacientes com pré-eclampsia, hipertensão e lúpus eritematoso. Em geral, prediz em 1 a 5 anos o aparecimento de proteinúria franca.
Tratamento clínico rigoroso pode retardar o aparecimento e a progressão da microalbuminúria. Excreção elevada pode ser encontrada
em grávidas, após exercícios físicos, em quadros inflamatórios e infecciosos, na infecção urinária, na presença de hematúria e
proteinúria postural benigna. Pode ser realizado em amostra recente (corrigido pela creatinina) e em urinas coletadas em 12 ou 24 horas. Variações individuais de até 30% podem ocorrer. Na presença de proteinúria franca, valores de microalbuminúria podem ser falsamente baixos devido a ocorrência de "efeito gancho".


Material


Urina 24 horas


Instruções


- Refrigerar a urina desde o início da coleta.
- Não fazer esforço físico durante o período da coleta.
- O paciente deve manter sua rotina diária.
- Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob orientação médica.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Útil para o diagnóstico das infecções causadas pelo Mycoplasma pneumoniae e é o mais sensível e específico para a investigação da infecção causada por este microorganismo.


Material


Soro


Instruções


- Jejum obrigatório de 8 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


São dosados 30 elementos:
Minerais essenciais: Fósforo (P), Cálcio (Ca), Magnésio (Mg), Sódio (Na), Potássio (K), Ferro (Fe), Manganês (Mn), Zinco (Zn), Cobre (Cu), Enxofre (S), Selenio (Se), Estrôncio (Sr), Boro (B), Germânio (Ge).
Elementos tóxicos: Chumbo (Pb), Berilio (Be), Mercúrio (Hg), Cádmio (Cd), Arsênio (As), Bário (Ba), Zircônio (Zr), Titânio (Ti), Telúrio (Te), Alumínio (Al).
Suplementares: Antimônio (Sb), Escândio (Sc), Ouro (Au), Prata (Ag), Bismuto (Bi) e Estanho (Sn).

- O Silício não é avaliado, pois ocorre contaminação com a agulha no momento da punção.


Material


Sangue Total (Heparina Trace)


Instruções


- Jejum obrigatório de 12 horas.
- Exame coletado somente na central de segunda e terça feira até as 08:30
- Não realizamos em feriados ou véspera de feriado.

- O exame deve ser agendado com no minimo 2 dias de antecedência.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A mioglobina é uma proteína citoplasmática da musculatura estriada cardíaca e esquelética.
Está envolvida no transporte do oxigênio dentro dos miócitos e funciona também como
reservatório de oxigênio.
A determinação da mioglobina no soro é um fator importante no diagnóstico do enfarte agudo
do miocárdio. A concentração de mioglobina aumenta logo 2 horas após a ocorrência de
sintomas, sendo, por isso, considerada um marcador muito precoce do enfarte do miocárdio.
Também podem ocorrer valores elevados de mioglobina após uso muscular excessivo (exercício
severos, convulsões, traumas); hipertermia; infecções virais; sepses; distrofia muscular;
miosites; uso de esteróides; intoxicações medicamentosas; isquêmias; imobilização
prolongada.


Material


Sangue total EDTA


Instruções


- Jejum não obrigatório.


Utilidade


É o nome dado a detecção de pequenas quantidades de proteínas na urina (30 a 300 mg/24h) que tem importância no diagnóstico e na evolução da nefropatia diabética por indicar lesão potencialmente reversível. Também utilizada para detecção de albuminúria em pacientes com pré-eclampsia, hipertensão e lupus eritematosoo. Em geral, prediz em 1 a 5 anos o aparecimento de proteinúria franca. Tratamento clínico rigoroso pode retardar o aparecimento e a progressão da microalbuminúria. Excreção elevada pode ser encontrada em grávidas, após exercícios físicos, em quadros inflamatórios e infecciosos, na infecção urinária, na presença de hematúria e proteinúria postural benigna. Pode ser realizado em amostra recente (corrigido pela creatinina) e em urinas coletadas em 12 ou 24 horas. Variações individuais de até 30% podem ocorrer. Na presença de proteinúria franca, valores de microalbuminúria podem ser falsamente baixos devido a ocorrência de "efeito gancho".


Material


Urina 12 horas


Instruções


- Refrigerar a urina desde o início da coleta.
- Não fazer esforço físico durante o período da coleta.
- O paciente deve manter sua rotina diária.
- Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob orientação médica.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Vários estudos de infertilidade masculina demonstraram pequenas deleções (microdeleções), em uma região localizada no braço longo do cromossomo Y (Yq), definida como AZF (Fator para Azoospermia). Esta região contém um gene ou um conjunto de genes necessários para uma espermatogênese normal e compreende três distintas subregiões: AZFa, AZFb, AZFc, localizadas nos segmentos proximal, central e distal do braço q do cromossomo Y, respectivamente. A subregião AZFc contém o gene DAZ, que está muitas vezes ausente em
pacientes azoospérmicos. Geralmente 7% dos homens inférteis apresentam microdeleções no cromossomo Y. Levando-se em consideração apenas os casos de homens com Azoospermia
Idiopática ou Severa Oligospermia, que correspondem a 20% de todos os casos de infertilidade masculina neste grupo, microdeleções em AZF são encontradas em aproximadamente 38% dos homens azoospérmicos e em 23% dos homens com severa oligospermia. A pesquisa das microdeleções é bastante útil na elucidação da causa de infertilidade,
também nos casos onde há qualquer outra causa associada, e quando após o tratamento da fertilidade não há elevação dos espermatozóides.


Material


Sangue total em EDTA


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Pesquisa de anticorpos IgG e IgM contra Plasmodium spp.



Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Diagnóstico da mononucleose infecciosa; pesquisa de anticorpos heterófilos.


Material


Soro


Instruções


- Jejum obrigatório de 8 horas.
- Intervalo entre mamadas para lactentes.


Utilidade


O Mercúrio é um metal com alta toxicidade. Pode causar toxicidade sistêmica ou lesão de pele ou mucosas. Concentrações normais de mercúrio no sangue total, em indivíduos não expostos ocupacionalmente, são geralmente inferiores a 1mcg/dl. Indivíduos normais, que têm exposição ocupacional leve podem apresentar rotineiramente níveis acima de 1,5 mcg/dl. Da mesma forma, uma dieta rica em peixes, frutos do mar e outros alimentos contendo mercúrio é causa comum de mercúrio moderadamente elevado na ausência de sintomas clínicos. A determinação de mercúrio em sangue total é o melhor indicador da exposição ao mercúrio orgânico (metilmercúrio). Considera-se exposição significativa ao mercúrio orgânico níveis maiores que 5mcg/dl; no caso do mercúrio inorgânico considera-se valores maiores que 20 mcg/dl como indicativos de exposição significativa. Uma vez que menos de 10% do metilmercúrio é eliminado por excreção urinária, o teste urinário tem pouca sensibilidade para detecção do mercúrio orgânico, sendo utilizado como indicador do mercúrio inorgânico e elementar. Conforme a NR-7, o mercúrio urinário é o indicador biológico para exposição ao mercúrio inorgânico. Observa-se que manifestações clínicas de intoxicação não são comuns quando o mercúrio urinário encontra-se inferior a 500mcg/g creatinina. Mercúrio urinário pode ser usado para acompanhar terapia de quelação, que imobilizando o metal, aumenta a sua excreção urinária.


Material


Sangue total em Heparina (Trace)


Instruções


- Jejum não obrigatório.
- Coletar sangue do final do último dia da jornada de trabalho ou após o período de exposição.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Diagnóstico de Infecções do trato respiratório principalmente com apresentação clínica sugestiva de pneumonia atípica.


Material


Soro


Instruções


- Jejum obrigatório de 8 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


O exame tem utilidade no acompanhamento de indivíduos que se encontram em uso de metotrexato, um agente antineoplásico.


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Em indivíduos normais, os níveis plasmáticos de metanefrina e normetanefrina são baixos. Níveis elevados são encontrados em pacientes portadores de feocromocitoma e paraganglioma.
Por possuir uma sensibilidade elevada, esse teste é especialmente útil na exclusão dessas doenças quando seus resultados se encontram dentro da faixa da normalidade. É sempre recomendável a confirmação de resultados positivos com um segundo teste de princípio
distinto (metanefrinas e/ou catecolaminas urinárias em 24h).


Material


Plasma em EDTA


Instruções


- Jejum obrigatório de 8 horas ou a critério médico.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


É uma glicoproteína que apresenta como sua principal constituinte
a alfa-1-glicoproteína ácida (AAGP) que é uma proteína de fase aguda
sintetizada nos hepatócitos. Uma vez que o ensaio para
mucoproteína não apresenta boa reprodutibilidade, sofrendo influência
da temperatura e do tempo de estocagem, sua determinação foi substituída com vantagens pela determinação da alfa-1-glicoproteína ácida.


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A mioglobina facilita o movimento do oxigênio em direção as células da musculatura estriada. Após dano muscular, grandes quantidades de
mioglobina são liberadas na circulação podendo levar a insuficiência
renal. São causas de mioglobiúria: uso muscular excessivo (exercício
severos, convulsões, traumas); hipertermia; infecções virais; sepses;
distrofia muscular; miosites; uso de esteróides; intoxicações
medicamentosas; isquemias; imobilização prolongada.


Material


Urina Isolada


Instruções


- O paciente não deve estar em uso de medicamento a base de Iodo ou de Vitamina C nos 3 dias anteriores à coleta. A interrupção do uso do
medicamento somente poderá ser feita com o consentimento do médico,
caso contrário apenas relatar o uso.
- Colher 1ª urina da manhã ou urina com o mínimo de 4 horas de retenção urinária.
- Fazer higiene local com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato e
coletar o jato do meio.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A variante termolábil da metilenotetrahidrofolato redutase (MTHFR) é
responsável pela deficiente conversão de homocisteína em cistationina, causando a hiperhomocisteinemia. Isto constitui fator de risco isolado para doenças vasculares, incluindo a doença arterial coronariana, o tromboembolismo venoso e arterial e o acidente cerebral vascular. O genótipo homozigoto mutante (677TT), encontrado em 4 a 14% da população em geral, está associado ao aumento de 25% da concentração plasmática de homocisteína e pode gerar defeitos neurológicos, retardo psicomotor, doença vascular prematura e tromboembolismo. A mutação A1298C, em homozigose, e responsável pela redução da atividade da MTHFR, aumentando os níveis de homocisteína. Efeitos similares aos observados para os homozigotos 677TT, ocorrem na combinação de heterozigose para as duas mutações da MTHFR. Esta combinação é de grande relevância clinica para os eventos vasculares, visto que a freqüência de A1298C e C677T varia de 40 a 50%, conforme as referências bibliográficas.


Material


Sangue total em EDTA


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Excreção aumentada de mucopolissacarídeos ou glicosaminoglicanos
ocorre nas mucopolissacaridoses (formas de doenças do depósito
lisossomal). São um grupo de doenças congênitas resultantes da
deficiência de enzimas responsáveis pela degradação dos
mucopolissacarídeos do tecido conjuntivo.



Material


Urina Isolada


Instruções


- Colher 1ª urina da manhã ou urina com o mínimo de 4 horas de retenção urinária
- Fazer higiene local com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato e
coletar o jato do meio.
- Volume minimo 50,0 mL.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Os testes para quantificação de IgE específica tem por finalidade
identificar o(s) alérgeno(s) responsável por manifestações clínicas de
alergia: manifestações respiratórias, cutâneas, alimentares, e também
hipersensibilidade a drogas.
São ferramentas importantes utilizadas no auxílio do diagnóstico de
alergia, quando há história clínica sugestiva.
O IgE específico pesquisa um único alérgeno, enquanto o IgE múltiplo
constitui um grupo de alérgenos pesquisados em conjunto.
MX1 = Fungos (Penicillium chrysogenum (Penicillium notatum), Cladosporium herbarum, Aspergillus fumigatus, Alternaria alternata).


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Os testes para quantificação de IgE específica tem por finalidade identificar o(s) alérgeno(s) responsável por manifestações clínicas de alergia: manifestações respiratórias, cutâneas, alimentares, e também hipersensibilidade a drogas. São ferramentas importantes utilizadas no auxílio do diagnóstico de alergia, quando há história clínica sugestiva. O IgE específico pesquisa um único alérgeno, enquanto o IgE múltiplo constitui um grupo de alérgenos pesquisados em conjunto.
MX2 = Fungos (Penicillium chrysogenum (Penicillium notatum), Cladosporium Herbarum, Aspergillus fumigatus, Candida albicans, Alternaria alternata, Setomelanomma rostrata (Helminthosporium halodes)).


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


O níquel é um metal duro, porém maleável, de cor branca ou prateada usado em metalurgia, em ligas, baterias, como catalisador, na anodização de alumínio, na galvanoplastia, em instrumentos cirúrgicos e odontológicos, na manufatura de tintas, esmaltes, vidros, óleos sintéticos e em refinarias. A exposição prolongada aos fumos e ao pó de níquel e seus compostos pode provocar alergias, rinite, sinusite e câncer.



Material


Urina Isolada


Instruções


- Coletar urina do início do último dia da jornada de trabalho, ou após o período de exposição (recomenda-se evitar a primeira jornada da semana).
- Pacientes em diálise podem apresentar níveis elevados.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


O níquel é um dos metais mais tóxicos da tabela periódica e o 24º metal em abundância na crosta terrestre. O níquel ingerido pelo homem encontra-se distribuído entre os vários grupos de alimentos. As maiores concentrações são encontradas em alimentos enlatados, açúcares e conservantes, pães e cereais, sugerindo uma contribuição dos equipamentos de processamento dos alimentos, principalmente no caso dos enlatados e da gordura vegetal hidrogenada. As manifestações de uma dieta com alto conteúdo de níquel podem afetar os níveis de outros nutrientes e, mais do que isto, a deficiência de alguns nutrientes (ferro, cobre, zinco, ácido ascórbico, entre outros) pode ser agravada por um alto nível de níquel na dieta. A toxicidade causada pelo níquel, está frequentemente associada à dermatites de contato, alergias, distúrbios renais e hepáticos, infertilidade, câncer pulmonar, estomatite, gengivite, cefaléias, insónia e náuseas. A maior parte do níquel ingerido é excretada nas fezes, entretanto uma alta porcentagem deste será absorvida no caso de deficiência de ferro. No sangue o níquel é transportado principalmente ligado à albumina sérica. Ainda não está bem esclarecida a função do níquel em humanos, entretanto supõe-se que esteja ligado a metaloenzimas específicas como componente estrutural destas, além de cofator bioligante que facilita a absorção intestinal do ferro férrico. O exame é indicado na monitoração de indivíduos profissionalmente expostos ao níquel e aos compostos Inorgânicos de níquel. OBS: Pacientes em diálise podem apresentar níveis elevados.


Material


Soro (Tubo Trace)


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A N-Metilformamida (NMF) é um dos principais produtos da transformação da Dimetilformamida (DMF). A DMF é um líquido incolor muito utilizado como solvente industrial, sendo empregado na produção de fibras acrílicas, poliuretanos, tintas, resinas, couro sintético e na industria farmacêutica. Existe correlação direta entre os níveis de exposição , no ambiemte de trabalho, aos valores da DMF e os níveis da N-Metilformamida (NMF) em urina colhida no fim último dia da jornada de trabalho. É importante citar que a meia-vida biológica da NMF urinária após exposição cutânea à DMF é de 4,75 +/- 1.,63 horas, sendo mais curta após inalação de seus vapores. Na monitorização biológica da exposição à DMF é importante avaliar a possível interação metabólica entre a DMF e o tolueno, devido à redução da conversão de DMF à NMF na presença de tolueno no ar do ambiente de trabalho.


Material


Urina Isolada


Instruções


- Urina recente colhida no fim da jornada de trabalho.
- Volume minimo 5 mL.
- O uso recente de dipirona pode interferir nos níveis de creatinina dosada pelo método Enzimático.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Usado para avaliação da velocidade de reabsorção nos processos osteoporóticos. O NTx é um excelente marcador de reabsorção óssea pelos osteoclastos liberando porções de colágeno na circulação que são excretadas na urina. Não apresenta variações com a dieta sendo o principal colágeno dos ossos, e uma queda superior a 30% na sua concentração basal indica bom resultado terapêutico.
Valores aumentados: reabsorção óssea acelerada, menopausa, hipertireoidismo, hiperparatireoidismo, doença de Paget.
Valores diminuídos: controle pós-tratamento.
Espera-se tipicamente decréscimo de 30 a 40% nos níveis de N-telopeptideo basal após 3 meses de terapia anti-absorvida na monitoração da terapia.


Material


Urina Isolada


Instruções


- Obrigatório coletar o 2° jato da 1° urina da manhã.
- Volume minimo 15 mL.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Na dengue, muitas vezes o diagnóstico sorológico não é capaz de confirmar casos suspeitos com evolução grave, já que a febre
hemorrágica pode ocorrer na janela imunológica, quando as pesquisas de IgM e IgG são negativas. Nesses casos, a pesquisa do antígeno NS1 apresenta sua melhor utilidade, permitindo o diagnóstico nos primeiros cinco dias de doença. Como há um período de sobreposição de positividade do antígeno NS1 e IgM, a pesquisa de ambos os marcadores simultaneamente aumenta a sensibilidade do teste, compensando a baixa positividade na pesquisa de anticorpos isoladamente nos primeiros dias de infecção.


Material


SORO


Instruções


Jejum não obrigatório.


1 |  2 |  3 |  4 |  5 |  6 |  7 |  8 |  9 |  10 |  11 |  12 |  13 |  14 |  15 |  16 |  17 |  18 |  19 |  20 |  21 |  22 |  23 |  24 |  25 |  26 |  27 |  20 Páginas de 27
VOLTAR